quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Bom galera, descobri uma matéira bem legal que um cara fez numa premiação de aguas abertas nos EUA. São as séries mais fortes que eu ja vi. Pra alguns podem não ser, mas quero ver fazer!!!!

O editor do site www.10kswimmer.com ouviu vários dos melhores nadadores do mundo que estiveram participando da edição deste ano do Tiburon Mile Swim, uma prova famosa das águas abertas nos Estados Unidos e que tem uma premiação milionária. O evento sempre reúne estrelas internacionais, este ano ainda teve a presença de nosso Thiago Pereira.

Confira algumas das séries (malucas) que Munatones conseguiu tirar de alguns nadadores presentes. A perguna era qual teria sido a mais difícil série que você já fez:?

Melissa Gorman, Austrália, nadadora olímpica e campeã mundial 2009 nos 5 quilômetros:
3000 + 2000 + 1000 com média de 1:10 a cada 100
Luane Rowe, americana campeã do Waikiki Roughwater Swim
10 x 800 progressivo a cada 5
Nathan Adrian, americano, campeão do NCAA dos 50 e 100 livre
Uma vez por ano 24.000 jardas de treino numa só sessão de seis a sete horas de duração.
Caroline Burckle, americana, integrante do revezamento 4 x 200 livre ouro em Beijing
20 x 400 um fraco um forte
Brendan Capell, australiano, campeão mundial dos 25 quilômetros
21 x 500 alternando 1 a 6:10, 1 a 6:00 e 1 a 5:50
Vladimir Dyatchin, Rússia, campeão mundial dos 5 e 10 quilômetros
10 x 2.500 com 1:10 de parcial a cada 100
Ekaterina Seliverstova, Rússia, medalha de prata nos 5 e 10 quilômetros no Mundial
6 x 2000 com 1:13 de parcial + 10 x 1000
Eva Fabian, americana, nadadora da equipe que foi ao Mundial de Roma
50 x 100 a cada 1:10 em piscina de 25 jardas + 1 hora para tempo fez 5.700 jardas
Outras séries incluem 2.000 descendo a cada 500 + 3 x 500 + 2 x 100 + 2.000 progressivos a cada 500 + 3 x 500 + 2 x 100 + 2.000 (progressivos a cada 500) + 3 x 500 + 2 x 100.
Bob Placak, americano, medalhista em Jogos Panamericanos
10 x 500 com os últimos 500 para 4:33.
Trent Grimsey, Austrália, 2 vezes campeão do Wakiki Roughwater, medalhista no Mundial
15 x 500 a cada 5:40 progressivos a cada 3, sendo última série 5:12, 5:10 e 5:05.
Oussama Mellouli, Tunísia, campeão olímpico e mundial dos 1500 livre
100 x 100 em intervalos “doidos”
J.K. Koehler, americano, nadador de destaque na Universidade Americana
30 x 1000 a cada 11:30. Série completada em sete horas.
Chloe Sutton, americana, medalhista nos 5 quilômetros no Mundial e olímpica em Beijing
30 x 100 a cada 1:15 média de 1:05 e 1:06
Kane Radford, sul-africano, campeão do Tiburon Mile deste ano
10.000 para tempo.

4 comentários:

Ciro disse...

Os 30 x 1000 foi foda hein??
Top dos Tops!!

Eu ja fiz a menor série descrita aí:
20 x 400m - só que fiz a cada 6´ - direto - chegando pra 5´30´´ de média
Com palmar viu Chicão... Claro, se não... não seria o Ciro

sica disse...

Já agora estou curioso, sobre qual foi a serie mais dificil para si Chicão?

Deco disse...

E ai Chicão..
só agora achei teu blog...
abraços...

No falamos em LA PAZ, pegamos as pulseiras com vcs, perderam a festa...

Abraços

DIOGO disse...

O cara que disse que fez tudo isso ganha do Frodeno?
entao nao Frode!